Joias de moços e moças. Três novas marcas de joalharia e uma coleção de época para ter debaixo de olho

Joias de moços e moças. Três novas marcas de joalharia e uma coleção de época para ter debaixo de olho

Trinco
Francisco Leitão encantou-se com o mundo das pedras preciosas numa visita a uma loja-oficina no Sri Lanka. O país onde estava a trabalhar na altura é conhecido pelas safiras e, depois de ter entrado para comprar um presente, passou a visitar a loja e a família à frente do negócio com alguma frequência. “Descobri pedras de todas as cores, é incrível a diversidade.” Quando voltou para Portugal, trouxe algumas safiras, mostrou aos amigos e percebeu que havia aqui espaço para fazer algo novo. “Sempre tive algum ímpeto criativo, mas nunca quis forçar uma ideia.” Só que, de certa maneira, o sucesso das pedras levou-o a reconsiderar. “E pensei em criar uma marca mais provocadora, mais moderna, mas com um lado clássico. Como diz uma amiga minha, ‘são as joias que não chegámos a herdar’”, brinca. Fez então nascer a Trinco, com colares, brincos e anéis, com os preços a começar nos €110. “O valor de uma safira é determinado por diferentes fatores: pelo corte, o tamanho, a claridade.”  

Francisco Leitão com um colar da Trinco. Fotografia: Francisco Hartley

As peças são feitas no Sri Lanka, na mesma oficina onde Francisco, atualmente a viver em Portugal, as descobriu, são unissexo e vivem, diz o próprio, de contrastes. “Eu sempre vivi nesse limbo e a marca espelha isso mesmo. A comunicação da marca é kinky, mas o design é mais tradicional, sem cair no banal.” A marca foi oficialmente lançada em novembro passado e tem vendido também para homens. “Ser unissexo não é um statement político, é uma questão de simplicidade da proposta. Tradicionalmente são mais as mulheres que compram, mas porque não entrar no mundo masculino?” 
Continua a trabalhar em marketing, a fazer a Trinco enquanto hobby, e usa essa “falta de formação”, para manter a marca bem autêntica, com uma abordagem moderna ao mundo da ourivesaria. “Inexplicavelmente sou eu que desenho as peças, mas depois acabo por bater bolas com o fornecedor do Sri Lanka até chegar à versão final.” Para o Dia dos Namorados, lançou uma coleção original, fotografada por Francisco Hartley, só com frutos e legumes. “Tenho a sorte de estar rodeado de pessoas com talento, que me ajudam a construir a marca aos poucos.” Se a primeira coleção era mais clássica e consensual, esta vai por um caminho mais irreverente. “Gosto do inesperado.” E nós esperamos mais notícias da Trinco. 
As peças vendem-se online em www.trinco-studio.com

Os brincos Aqua, da nova coleção lançada por ocasião do Dia dos Namorados

Esquivel Jewellery
O corpo humano é a espinha dorsal do trabalho de joalharia de Sofia Esquivel, que joga com a ligação à arquitetura para criar peças únicas e originais. A marca Esquivel Jewellery nasceu há um ano, mas a página de Instagram tem mais tempo, “era uma página pessoal onde ia colocando fotografias deste meu hobby”, conta à PRIMA. Formada em Arquitetura, mudou-se para Londres em 2015, onde se aproveitou do caldeirão cultural e criativo da cidade para experimentar de tudo um pouco, entre a arquitetura, a cenografia e joalharia. “Trabalhava num coletivo de artistas e designers com quem fazia espaços para marcas e, em pós-laboral, tirei um curso de joalharia. E comecei a usar todas as ferramentas do meu trabalho para desenhar as peças: tal e qual como um edifício.” 

As joias são desenhadas para homens e mulheres


De volta a Portugal, o hobby tornou-se sério, e as suas peças de design, que sempre imaginou “usáveis” e “vestíveis” tornaram-se na Esquivel Jewellery, uma marca sem género e muita geometria. Tem algumas peças de coleções estanques, outras personalizáveis – a última que fez foi um alfinete de gravata inspirado no Panteão romano – e até um pendente de colar com as diferentes letras abecedário (todas distintas entre si). Entre brincos, colares, anéis ou alfinetes de lapela, as joias são todas em prata ou em prata com banho de ouro, algumas com incrustação de safiras. “Há sempre um edifício que serve de inspiração [exemplo do Barbican, em Londres] e o desenvolvimento do design é baseado em maquetas 3D, feitas à mão. Quando passo para o material mais nobre, sei bem o que vou fazer e não há tanto desperdício. 
Sofia mora entre Londres e Lisboa e tem as peças nas duas cidades. Vende online, mas também na loja da Portugal Manual, no CCB, e na loja da Casa da Arquitetura, no Porto, com valores que começam nos €75. “Em vez de coleções, prefiro lançar poucas peças ao longo do ano. Só avanço se estiver muito certa.” E isso nota-se no detalhe do seu trabalho.  
As peças estão em www.esquiveljewellery.com

O anel Barbican, inspirado no centro de artes londrino

MUSA Jewels
É a marca mais recente desta lista, mais nova ainda que o bebé de Isabel Tavares, o ‘empurrão’ necessário para avançar com uma ideia que até já tinha uma conta de Instagram, só lhe faltava era produto para venda. “Agora consegui ter tempo e começar a produzir”, conta. Aos 34 anos criou a MUSA Jewels, uma marca de brincos feitos em FIMO (aquela massa modular que tantos usaram na adolescência), alguns com aplicações de titânio banhado a ouro. Formada em design e artes gráficas, fez um workshop de joalharia quando era mais nova, mas foi só agora, enquanto está em licença de maternidade do trabalho que tem numa empresa de restauração, que se dedicou a este hobby. “Lembrei-me do FIMO e comecei a pesquisar algumas técnicas, fiz uns cursos online e comecei a criar”, explica. Depois de ter feito alguns modelos para uso próprio, lançou a sua MUSA Jewels, nome escolhido com as três irmãs, por ter uma sonoridade que fica no ouvido – “tem a ligação de usa musa’. Com algumas cores pastel ou mais quentes, como o nude e o verde seco, tem também modelos lilás, encarnados, verde água, azul navy ou pretos, alguns apenas em FIMO, outros com as aplicações de flores ou pétalas em titânio, que encomenda e depois junta aos brincos, todos feitos à mão. As vendas fazem-se via Instagram, com preços que andam entre os €10 e os €24 e, apesar da tenra idade, Isabel já tem várias encomendas.  
Veja mais em Instagram @musa__jewels 

Com base em FIMO e aplicaçaões em Metal, os brincos da MUSA Jewels são uma marca acabada de nascer

Portugal Jewels 
Last but not least, a Portugal Jewels apresentou recentemente a coleção Marcassites, uma ode à antiga joalharia portuguesa, com várias peças feitas com recurso ao mineral marcassites, uma pedra que, explica à PRIMA fonte da marca, tem uma característica única: “apesar de ser opaca e escura, quando é lapidada ganha reflexos metálicos. Daí que ao ser aplicada numa joia de prata fique com um aspeto semelhante a lascas de diamante e ganhe um brilho surpreendente.” No ADN da Portugal Jewels está o regresso à ourivesaria tradicional portuguesa, com uma abordagem mais contemporânea, e esta coleção não foge à regra. “As joias com marcassites são um símbolo da elegância clássica que remonta à joalharia portguesa do século XVIII.” E foi ela que serviu de inspiração para a criação de alfinetes em forma de laço, de brincos à Rei e Rainha, de colares em tiara, de travessas para o cabelo, de brincos em estilo vintage ou de colares de cruzes. Estas joias, explica a marca, “são conhecidas desde a antiguidade, mas tornaram-se bastante populares no século XIX, durante época vitoriana em Inglaterra. Foram também alvo de grande interesse por parte dos artistas do movimento Art Noveau, que as associaram a temas naturalistas.” Com preços que começam nos €39, as peças da Portugal Jewels estão à venda online, com entregas no próprio dia em Lisboa, Oeiras e Cascais.  
Veja mais em www.portugaljewels.com 

Os brincos laço e o colar tiara fazem parte da coleção em marcassites da Portugal Jewels

Mais na Visão

Mais Notícias

Exposição solar: O problema dos UVA

Exposição solar: O problema dos UVA

Os alfaiates de violinos

Os alfaiates de violinos

Equipa do Técnico conquista segundo lugar em competição  de barcos elétricos

Equipa do Técnico conquista segundo lugar em competição de barcos elétricos

Princesa Leonor triunfa num romântico e sedutor vestido de renda em azul-marinho

Princesa Leonor triunfa num romântico e sedutor vestido de renda em azul-marinho

Em “A Promessa”: Miguel vinga-se de Helena e droga-a com a ajuda de Laura

Em “A Promessa”: Miguel vinga-se de Helena e droga-a com a ajuda de Laura

Dias de Jazz: Oito festivais a não perder

Dias de Jazz: Oito festivais a não perder

Quais as oportunidades na cadeia de valor da indústria espacial?

Quais as oportunidades na cadeia de valor da indústria espacial?

12 novas casas de banho funcionais, confortáveis e atraentes

12 novas casas de banho funcionais, confortáveis e atraentes

Adélia Prado - Uma voz entre o quotidiano e o transcendente

Adélia Prado - Uma voz entre o quotidiano e o transcendente

Giorgio Armani celebra o seu 90.º aniversário

Giorgio Armani celebra o seu 90.º aniversário

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Juros altos por mais tempo?

Juros altos por mais tempo?

Curtas de Vila do Conde - Um festival que dá cartas

Curtas de Vila do Conde - Um festival que dá cartas

Empreender à grande e à portuguesa

Empreender à grande e à portuguesa

Meghan inspira-se no seu segundo vestido de casamento

Meghan inspira-se no seu segundo vestido de casamento

Mariana de “Casados à Primeira Vista” celebra 25 anos: 25 fotografias que mostram toda a sua beleza

Mariana de “Casados à Primeira Vista” celebra 25 anos: 25 fotografias que mostram toda a sua beleza

15 festivais gastronómicos (para comer e beber bem) do Minho ao Algarve

15 festivais gastronómicos (para comer e beber bem) do Minho ao Algarve

Em “A Promessa”: Tomás toma decisão radical e aponta uma arma a Miguel

Em “A Promessa”: Tomás toma decisão radical e aponta uma arma a Miguel

Giorgio Armani celebra o seu 90.º aniversário

Giorgio Armani celebra o seu 90.º aniversário

6 looks de verão versáteis e leves para começar a usar já

6 looks de verão versáteis e leves para começar a usar já

Um dos sintomas de Covid-19 mais desvalorizado mas a que é preciso estar atento

Um dos sintomas de Covid-19 mais desvalorizado mas a que é preciso estar atento

O que fazer às embalagens vazias (mesmo que sejam só caixas de cartão) de medicamentos?

O que fazer às embalagens vazias (mesmo que sejam só caixas de cartão) de medicamentos?

Letizia volta a usar sapatos de salto

Letizia volta a usar sapatos de salto

Animais que nos fazem rir!

Animais que nos fazem rir!

Descubra a cadeira mais famosa do verão

Descubra a cadeira mais famosa do verão

Fala várias línguas, estudou num castelo em Gales e anda na tropa, eis a princesa Leonor (que hoje visita Portugal)

Fala várias línguas, estudou num castelo em Gales e anda na tropa, eis a princesa Leonor (que hoje visita Portugal)

Os heróis portugueses que vão às Olimpíadas

Os heróis portugueses que vão às Olimpíadas

Essenciais de moda casual para este verão

Essenciais de moda casual para este verão

5 acessórios que estão em alta este verão

5 acessórios que estão em alta este verão

Mangualde fabrica primeiros elétricos

Mangualde fabrica primeiros elétricos "made in" Portugal e vai bater recorde de produção

Novo estudo científico revela que o cérebro tenta prever o futuro enquanto se encontra em repouso

Novo estudo científico revela que o cérebro tenta prever o futuro enquanto se encontra em repouso

Ser a adaptação que queremos ver

Ser a adaptação que queremos ver

PSP e .PT assinam acordo para combater cibercrime

PSP e .PT assinam acordo para combater cibercrime

António Coutinho: “Não é uma transição energética. É uma revolução”

António Coutinho: “Não é uma transição energética. É uma revolução”

Tecnologia: A união faz a transição

Tecnologia: A união faz a transição

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

B&B Italia e Maxalto em Lisboa

B&B Italia e Maxalto em Lisboa

Mário Machado: Segredos da vida de um neonazi português

Mário Machado: Segredos da vida de um neonazi português

Rumo a Sul: 7 passeios de barco, do Alqueva à Ria Formosa

Rumo a Sul: 7 passeios de barco, do Alqueva à Ria Formosa

"Cada vez que olharmos para uma tela do Cargaleiro, pensamos que ele ainda fala connosco"

VOLT Live: Musk chegou a Portugal de jato privado, mas nós voámos de elétrico

VOLT Live: Musk chegou a Portugal de jato privado, mas nós voámos de elétrico

Nestes cinco hotéis pode ir de férias com o seu amigo patudo

Nestes cinco hotéis pode ir de férias com o seu amigo patudo

Apple ‘abre’ sistema de pagamentos móveis aos rivais

Apple ‘abre’ sistema de pagamentos móveis aos rivais

Equipa do Técnico conquista segundo lugar em competição  de barcos elétricos

Equipa do Técnico conquista segundo lugar em competição de barcos elétricos

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites