Robô cérebro organoide
Organizações e Pessoas

O uso da robótica nos locais de trabalho: risco ou oportunidade?

"Um trabalho demonstrou que os indivíduos se sentem mais à vontade em discutir com robôs questões relacionadas com a sua saúde, do que com os seus homónimos humanos. Porquê?" A opinião de Sara Lopes, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Sara Lopes
Organizações e Pessoas

Ser pró-ambiente: a distância entre pensar e agir

"Atitudes e comportamentos são termos diferentes. Ou seja, o facto de considerarmos que é importante cuidar do ambiente, não significa necessariamente que não iremos atirar beatas para o chão." A opinião de Helena Bento e Ricardo Fonseca, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Ricardo Fonseca
Helena Bento
Organizações e Pessoas

O enigma da psicopatia primária nas lideranças formais: desvendando a realidade em empresas familiares

"Em Portugal, as empresas familiares desempenham um papel crucial na economia, representando mais de 70% do tecido empresarial nacional, gerando mais de metade das oportunidades de emprego e contribuindo para cerca de 65% do Produto Interno Bruto." A opinião de Duarte Pimentel, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Duarte Pimentel
Organizações e Pessoas

“Meia palavra basta!” – A discriminação social das pessoas com experiência de doença mental

"Impõe-se, pois, o combate ao estigma contra a EDM, mais ainda se atendermos ao facto de os problemas de saúde mental se terem agravado de forma significativa e se estimar que uma em cada duas pessoas sofre de um problema desta natureza ao longo da vida." A opinião de Ana Cristina Carvalho Martins e Diogo Carvalho da Silva, do ISPA

Ana Cristina Carvalho Martins
Diogo Carvalho da Silva
Organizações e Pessoas

Vivemos mais, trabalhamos mais, seremos mais discriminados?!: Reflexões sobre o idadismo em contexto de trabalho

"Quase 20% dos trabalhadores na União Europeia reportam já ter sofrido este tipo de discriminação." A opinião de Ana Sabino e de David Avelar de Moura, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

David Avelar de Moura
Ana Sabino
Organizações e Pessoas

Pós-Covid e o "novo" regresso ao escritório: A importância dos limites entre o trabalho e a vida pessoal

"Ainda que alguns trabalhadores possam preferir ter a sua vida profissional e pessoal mais integrada, a investigação tem-nos mostrado a importância de sermos capazes de segmentar e fazer uma separação destes dois domínios." A opinião Daniela Geraldes, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Daniela Geraldes
Organizações e Pessoas

Autoliderança: Uma competência para surfar a onda de incertezas no trabalho

"No seu dia a dia, muitas pessoas certamente se questionam: como enfrentar, com confiança e determinação, a dinâmica de mudanças e incertezas atuais no meu trabalho? Em muitos contextos, a resposta adequada pode ser a autoliderança, a capacidade de se liderar a si mesmo." A opinião de António Caetano e Irís Leão, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Íris Leão
António Caetano
Organizações e Pessoas

O futuro mais humano da sustentabilidade

"Tanto os governos, como as organizações privadas têm feito um enorme esforço para mobilizar a opinião pública para mudança de comportamentos de consumo que garantam às gerações futuras os mesmos recursos naturais (ou melhores) das gerações atuais." A opinião de Ricardo Fonseca, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Ricardo Fonseca
Organizações e Pessoas

Organizações como entidades criativas

"A mente humana é habitualmente conservadora, evitando incertezas e incongruências, e tendendo a oferecer de forma espontânea uma resposta comum." A opinião de Jorge Gomes, do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), e de Teresa Garcia-Marques, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Teresa Garcia-Marques
Jorge Gomes
Organizações e Pessoas

Intuição: uma ferramenta para a tomada-de-decisão organizacional?

"A combinação intuição-análise é o segredo para decisões que levam melhores resultados do ponto-de-vista do crescimento e do lucro." A opinião de Filipe Loureiro, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Filipe Loureiro
Organizações e Pessoas

Poderá a Sustentabilidade Ambiental ser um fator de atração de talento?

"Parece que as organizações estão a ganhar consciência sobre os desafios que um desenvolvimento sustentável acarreta para os seus modelos de negócios." A opinião de Francisco Cesário e de Mafalda Pinto Coelho, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Mafalda Pinto Coelho
Francisco Cesário
Organizações e Pessoas

Transferência da formação: o que separa o aprender do aplicar

"No entanto, parece subsistir um paradoxo – enquanto que, no plano organizacional, a formação tem uma imagem muito positiva, no plano individual, as dúvidas e o ceticismo tendem a persistir." A opinião de Miguel Faro Viana, na coluna sobre Organizações e Pessoas, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Miguel Faro Viana
Organizações e Pessoas

Em tempos de incerteza, como conciliar o bem-estar afetivo e o desempenho no trabalho?

"Num tempo em que as mudanças tecnológicas e outras têm vindo a alterar os contextos de trabalho a um ritmo imprevisível, quem não se tem questionado sobre a maneira de conciliar o nível de desempenho requerido com a sua qualidade de vida no emprego?" A opinião de Afonso Pato e António Caetano, na coluna sobre Organizações e Pessoas, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Afonso Pato-Rosa
António Caetano
Organizações e Pessoas

O silêncio também fala: silêncio em contexto de trabalho

"O estudo do silêncio em contexto de trabalho ganhou importância quando foi definido como um fenómeno distinto da ausência da voz. Assim, o silêncio é mais do que a ausência da voz." A opinião de Ana Sabino, na coluna sobre Organizações e Pessoas, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Ana Sabino
Organizações e Pessoas

Desempenhando uma tarefa num espaço partilhado ou isolado da presença de outros?

Hoje, são inúmeros os estudos que documentam um desempenho mais rápido na presença de outros, sendo o efeito referido de Facilitação Social (um fenómeno generalizado a humanos e não humanos). Porém, o executar mais rapidamente uma tarefa em presença de outros não indica que a executemos melhor. A opinião de Teresa Garcia-Marques, na coluna sobre Organizações e Pessoas, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Teresa Garcia-Marques
Organizações e Pessoas

“Todos viram e ninguém fez nada!” – A apatia social em situações de emergência

"Há poucos meses, o fotógrafo suíço René Robert faleceu de hipotermia depois de ter ficado caído durante horas na sua rua, num dos bairros mais movimentados de Paris. A onda de indignação contra a “indiferença” daqueles que terão passado por René sem lhe prestar auxílio fez-se sentir nas redes sociais. Nada de novo para a Psicologia social, pode dizer-se." A opinião de Ana Cristina Carvalho Martins, na coluna sobre Organizações e Pessoas, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Ana Cristina Carvalho Martins
Organizações e Pessoas

Entre corujas e madrugadores: a importância do cronótipo

"Existem diferenças individuais que levam a que as pessoas tenham preferências distintas por realizar atividades de manhã (os matutinos) ou mais tarde (os vespertinos). A tendência relativa ao horário preferido para dormir ou estar ativo denomina-se cronótipo. Este vai além de uma simples propensão ou preferência, tendo, também, uma base fisiológica." A opinião de Filipe Loureiro, na nova coluna sobre Organizações e Pessoas, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Filipe Loureiro
Organizações e Pessoas

Conciliar a vida pessoal e familiar com a vida profissional: sonho ou possibilidade?

"Este não é um tema de interesse exclusivo dos colaboradores, mas também das organizações. Existe evidência de que os níveis de conciliação entre os tempos de trabalho e extra-trabalho se relacionam com o desempenho individual e naturalmente com os resultados e a sustentabilidade das organizações." A opinião de Pedro Hasse-Ferreira, na nova coluna sobre Organizações e Pessoas, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Pedro Hasse-Ferreira
Organizações e Pessoas

À procura do talento - temporada 2

"Como vários estudos deixam claro, o conceito de carreira tradicional tende a desaparecer. Para esta nova geração, o que é relevante é o querer gerir a sua própria carreira". A opinião de Francisco Cesário, na nova coluna sobre Organizações e Pessoas, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Francisco Cesário
Organizações e Pessoas

Entrevistas de seleção: arte ou ciência?

"Muitos de nós já passámos por processos de recrutamento e seleção, em que fomos entrevistados. E quem não tentou impressionar o entrevistador para conseguir aquele lugar que lhe iria transformar a vida?" A opinião de Rui Bártolo Ribeiro, na nova coluna sobre Organizações e Pessoas, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Rui Bártolo-Ribeiro
Organizações e Pessoas

Empresas familiares: o que as distingue?

"Em Portugal estima-se que mais de 70% das empresas sejam empresas familiares. Sendo responsáveis por 65% dos empregos, e por mais de 50% da contribuição do setor privado para o PIB nacional". A opinião de Duarte Pimentel, na nova coluna sobre Organizações e Pessoas, do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

Duarte Pimentel