Artes Visuais

Rui Sanches: “Os fantasmas também têm corpos”

O espaço luminoso tem a generosidade de se transformar em local de “culto” artístico. A exposição Espaços e Corpos, de Rui Sanches, aconteceu por breve tempo, mas antecipa a nova mostra da obra do escultor na Galeria Miguel Nabinho, neste tempo de maio

Artes Visuais

Pedro Cabrita Reis: Há 50 anos a criar no caos do atelier

Em ocasião dos 50 anos de carreira, Pedro Cabrita Reis inaugura ATELIER, uma retrospetiva que, de 19 de maio a 28 de julho, ao longo de 3000 m2 e oito pavilhões da Mitra, apresenta 1500 obras do acervo pessoal do artista, muitas delas nunca antes expostas. Com o JL, o artista falou sobre a beleza do acaso, a compulsão criativa e o poder da arte enquanto redefinidora do olhar que temos sobre nós e o Mundo

Jornal de letras

A cineasta Margarida Gil surpreende com exposição de escultura

Margarida Gil, cineasta e artista plástica, fala ao JL das “afinidades” do gesto criador na escultura e no cinema e do “poder” da criação

Artes Visuais

João Abel Manta, artista em revolução

Artes Visuais

Eduardo Gageiro, exposição e livro

Artes Visuais

Fernando Lanhas; ver para compreender (

Pintor, arquiteto, arqueólogo, museógrafo, poeta, Fernando Lanhas é um dos mais singulares artistas do século XX português. Considerado um pioneiro do abstracionismo geométrico, a sua obra abarca diferentes domínios e conhecimentos. No centenário do seu nascimento, é possível redescobri-la em duas exposições, O Homem É Fenómeno Magistral, no Museu de Serralves, e Sabe o Que Não Sabes, no Centro de Artes Visuais de Coimbra, com curadoria, respetivamente, de Marta Moreira de Almeida e de Miguel von Hafe Pérez, que falam ao JL do artista que queria “ver para compreender”, como recorda o filho, Pedro Lanhas, e abarcar todo o universo

Artes Visuais

Lhano

Que a Isabel não esteja mais aqui, dá-me a ideia de me ter morrido o lado esquerdo do corpo, um lado de dentro, uma parte inteira. Não era nada pela metade. Uma vastidão. Morreu-me uma vastidão. Não vou acreditar jamais

Jornal de letras

Shakespeare musical no Trindade

Noite de Reis, de Shakespeare, segundo Ricardo Neves-Neves, que assina a encenação, estreia amanhã, 26, no Teatro da Trindade, em Lisboa. É um espetáculo em que a “música, cantada e tocada, está presente da primeira à última cena”, como adianta ao JL o diretor do Teatro do Eléctrico

Artes Visuais

Itinerários da pintura moderna no Algarve

Não há linhas únicas no percurso da modernidade e urge alargar o panteão dos estudados por José-Augusto França a muitos outros, envolvendo uma pluralidade de dinâmicas e relacionamentos nacionais e internacionais

Artes Visuais

Daniel Blaufuks na série PH

É sobre Daniel Blaufuks a oitava monografia da coleção Ph, da Imprensa Nacional, dedicada à fotografia portuguesa contemporânea. O livro, com lançamento a 24, às 18,30 h, na Fundação Gulbenkian, percorre a obra do artista visual, dos iniciais anos 80 aos dias de hoje, e integra um ensaio da filósofa Maria Filomena Molder

Jornal de letras

Menez: a pintura habitada

Uma exposição antológica na Casa das Histórias Paula Rego, em Cascais, revisita três décadas da sua obra. Alguns dos seus trabalhos estiveram, recentemente, em diálogo com os de Sónia Almeida e Júlio Pomar, no Atelier-Museu do pintor, em Lisboa. E também na exposição Tudo o que eu Quero, na Fundação Gulbenkian, atualmente em Tours. Oportunidade para rever e recordar Menez (1926-1995), uma das mais importantes, singulares e ao mesmo tempo “discretas” artistas portuguesas da segunda metade do séc. XX, distinguida com o Prémio Pessoa em 1990. O JL evoca-a, em texto inicial sobre a sua vida e obra, ouvindo a curadora da exposição, e diretora da Casa das Histórias, Catarina Alfaro, e lembrando designadamente textos significativos de Maria Helena Freitas sobre a sua pintura.  Depois, testemunhos de Maria Arlete Alves Silva,  amiga e galerista de Menez, ao lado do marido, Manuel de Brito, da 111, e de outro amigo, o jornalista e escritor Luís Amorim de Sousa, que no período em que a artista residiu em Londres com ela conviveu, de par com o poeta Alberto de Lacerda, de quem Menez foi especialmente próxima e com quem manteve  uma correspondência, da qual publicamos três cartas inéditas.

Jornal de letras

Vida de Artistas Unidos

Jornal de letras

Hotel Europa: O amor em tempos de resistência

Jornal de letras

A magia no quotidiano das coisas…

Crónica de homenagem à artista plástica Lourdes Castro, falecida este mês com 91 anos

Artes Visuais

CIA José de Guimarães, um museu polifónico

Entrevista com Marta Mestre, a nova diretora do CIAJG

Artes Visuais

Sem mais sombra

Encontrar Lourdes Castro é muito mais do que lidar com a memória do muito melhor da arte do século XX, é ficar perante a persistente candura, a alegria sincera de uma mulher cuja sapiência a levou à conquista mais preciosa: a amorosidade

Jornal de letras

Questões da Família no Teatrão

Um espetáculo em díptico, um ciclo de conversas, um projeto de intervenção, o Teatrão apresenta Da Família, a partir de Valério Romão, em Coimbra. Um palco aberto à discussão sobre as mudanças no contexto familiar. Porque “afinal, família todos temos”, como diz irónico o encenador Marco António Rodrigues ao JL: “E achámos que seria interessante abordar o tema que tem um valor universal forte”

Jornal de letras

Lídia Jorge escreve sobre Eunice Muñoz

A escritora Lídia Jorge fala sobre Eunice Muñoz, a grande atriz que comemora 80 anos de carreira, para a qual escreveu A Maçon

Artes Visuais

Uma bossa para sempre nova

Talvez seja um dos tesouros escondidos da atual música brasileira. O músico, de 50 anos, que já colaborou com alguns dos grandes nomes da MPB, vive agora em Portugal, onde aproveitou para relançar a carreira, com Ultramarino, disco a solo produzido pelo prestigiado nova-iorquino Hector Castillo, e Na Volta da Maré, o álbum de Joana Amendoeira, para o qual compôs todas as canções. O compositor e intérprete iluminado que vale a pena conhecer

Artes Visuais

Luca Argel: o samba vai à guerra

Música popular que dá voz à luta contra as desigualdades e contra o racismo. Depois de vários anos na estrada, o projeto "Samba Guerrilha" é lançado em disco. O JL traça o perfil do seu mentor, um músico brasileiro radicado no Porto, que observa à distância o seu país e afirma: “A sociedade brasileira está doente, não por causa do vírus, mas por causa de uma doença social coletiva de valores”

Artes Visuais

Beethoven, o Hegel da música?

Nasceu há 250 anos, a 16 de dezembro, o genial compositor alemão Ludwig van Beethoven. Neste texto o musicólogo e prof. catedrático Mário Vieira de Carvalho chama a atenção para a obra de fundo sobre o músico projetada por Theodor W. Adorno