Filipe Fialho

Filipe Fialho

Jornalista
Mundo
Exclusivo

2 anos de guerra: Até onde vai a impunidade de Putin

Animado com o rumo da sua “operação militar especial” na Ucrânia, e com Alexei Navalny “neutralizado”, o Presidente russo tem a campanha aberta para, no próximo mês, se reeleger tranquilamente e permanecer no Kremlin por tempo indefinido

Ideias

"Tenho a certeza de que a maioria dos portugueses concorda com Guterres. O mais triste é o Ocidente falar na defesa das regras internacionais, mas nada fazer para que Israel as cumpra"

O historiador britânico Michael Scott-Baumann em entrevista à VISÃO

Mundo

Navalny e a longa lista de vítimas de Putin

A cumprir uma pena de quase três décadas, o conhecido opositor russo, de 47 anos, faleceu numa colónia penal na Sibéria

Mundo
Exclusivo

Da Indonésia a El Salvador, passando pelo Senegal, a qualidade das democracias parece estar em queda livre. Será essa a tendência dominante até ao final do ano?

Nayib Bukele fez em El Salvador o que Trump deseja fazer nos EUA: instaurar uma ditadura disfarçada de democracia – uma “democratura”

Mundo
Exclusivo

Indonésia: As ilhas da democracia?

Em apenas um dia, 200 milhões de indonésios escolheram, na quarta-feira, 14, os representantes políticos, incluindo o Presidente. Prabowo Subianto, general acusado de sequestrar dissidentes e de ordenar atrocidades em Timor Leste, é o favorito para liderar a “terceira maior democracia” do globo

Mundo
Exclusivo

Escalada de alto risco: Será esta a guerra que ninguém quer e ninguém parece capaz de parar?

Por causa de Gaza, multiplicam-se os incidentes entre os EUA e o chamado Eixo da Resistência, as milícias apoiadas pelo Irão

Mundo

O guru da "remigração": Quem é o austríaco que pretende deportar para África milhões de imigrantes e “cidadãos europeus não assimilados”?

Será Martin Sellner capaz de influenciar ainda mais a agenda dos partidos populistas e dos governos que restringem os fluxos migratórios?

Mundo
Exclusivo

A ameaça populista que paira sobre a Europa

Em Estrasburgo, a família política de Matteo Salvini e de Marine Le Pen pode duplicar o número de deputados

Mundo
Exclusivo

Hutis, os ameaçadores partidários de Deus

Há duas décadas eram uma milícia de pé descalço. Agora, controlam um terço do Iémen, dizem ser os grandes defensores da causa palestiniana, estão em guerra com os EUA e o Ocidente e ainda podem provocar uma nova crise global

Mundo
Exclusivo

Taiwan, a ilha mais perigosa do mundo e que pode ser berço da primeira grande crise geopolítica de 2024

Será que as eleições gerais na ilha a que os portugueses chamaram Formosa podem dar origem à primeira grande crise geopolítica de 2024? Será que a República Popular da China vai atacar a “província rebelde” e envolver o Ocidente em mais um conflito de consequências imprevisíveis?

Mundo

Henry Kissinger, o polémico diplomata camaleão

Já se retirou da política ativa há quase meio século, mas continuou a ouvido em Washington, Pequim e Moscovo. Henry Kissinger, o antigo chefe da diplomacia dos EUA, Nobel da Paz em 1973 e considerado por muitos como um criminoso de guerra, continuou sempre polémico. Um perfil para recordar agora

Mundo
Exclusivo

Líderes de Israel e do Hamas: Os outros reféns do terror

Com ou sem cessar-fogo e com negociações mais ou menos demoradas para trocar prisioneiros, Benjamin Netanyahu, chefe do governo de Israel, e Yahya Sinwar, líder do Hamas em Gaza, estão condenados a perder o conflito iniciado a 7 de outubro. O primeiro, desacreditado como nunca; o segundo, porque pode ter os seus dias contados

Mundo

Quem é Javier Milei, o anarcocapitalista da ultra-direita que é o novo Presidente da Argentina?

Quem é o economista carismático, excêntrico e mal-educado agora eleito Presidente da Argentina? Um artista da comunicação política ou um louco que acredita falar com Deus e animais mortos?

Mundo
Exclusivo

Quem é Dilan Yesilgöz, a novíssima dama de ferro

A atual ministra da Justiça neerlandesa quer ser a primeira mulher a liderar um governo em Haia. Nascida na Turquia, ex-refugiada, a liberal promete ser dura com a imigração

Ideias

"Putin acredita em teorias estranhas, como o ‘passionarismo’. Para ele, a Rússia tem a missão histórica de iluminar a Humanidade e salvá-la das suas próprias perversões"

O filósofo e ensaísta Michel Eltchaninoff em entrevista à VISÃO

Mundo
Exclusivo

Como a ONU e Guterres foram apanhados sob fogo cruzado

A relação entre Israel e as Nações Unidas sempre foi complexa. O novo conflito desencadeado pelo Hamas veio demonstrar que quem se mete com o Estado judaico dificilmente fica a salvo. Tal como os antecessores, Guterres tem um “trabalho impossível”

Mundo
Exclusivo

Guerra, mentiras e vídeo: A desinformação e as fake news no conflito Israel-Hamas

O novo conflito israelo-palestiniano não se confina a Gaza, tem várias frentes de batalha, que passam pela propaganda e pela desinformação, no ciberespaço e nas redes sociais. As falsidades e os embustes sempre foram usados como arma, na História da Humanidade 

Mundo
Exclusivo

75 anos de confrontos: Os principais conflitos militares entre palestinianos e israelitas

A sensação é de que israelitas e árabes estão em confronto desde sempre, mas há datas relevantes que ajudam a compreender esta história violenta

Mundo
Exclusivo

Faixa de Gaza, a terra da paz impossível. Quatro questões (e respostas) essenciais

O conflito israelo-palestiniano voltou a entrar na agenda global, com uma inédita e surpreendente orgia de violência a cargo do Hamas, a partir da Faixa de Gaza. As questões e as respostas possíveis às causas e as consequências do ataque, que pode complicar, uma vez mais, os delicados equilíbrios do Médio Oriente

Mundo
Exclusivo

Espanha: Como as línguas se tornaram essenciais para Sanchez se manter no poder

Os socialistas, liderados por Pedro Sánchez e apoiados pelos partidos independentistas, já preparam um “governo Frankenstein”, defensor dos idiomas regionais e de uma amnistia aos condenados pela rebelião catalã de 2017

Mundo
Exclusivo

Lula da Silva: As contradições de um Presidente sem descanso

Lula da Silva anda num vaivém frenético, para recuperar a influência do Brasil no mundo e terminar o trabalho que iniciou há duas décadas. No final deste mês, será obrigado a parar, devido a uma cirurgia inadiável