A Liberdade Religiosa e a liberdade do religioso - a dádiva
Vestígios de Azul

O embuste religioso

O que é mais importante? A ortodoxia doutrinária ou a praxis? As crenças religiosas ou a forma de estar da pessoa religiosa face ao outro, à sociedade e ao mundo?

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

A fé dos procuradores

Os procuradores do Ministério Público (MP) serão homens e mulheres de muita fé. Ou seja, eles acreditam que os cidadãos sob suspeita são culpados, e mesmo sem provas querem privá-los da liberdade e levá-los a julgamento na esperança de que as provas apareçam algures pelo caminho

José Brissos-Lino
Deus já não cabe no espaço público?
Vestígios de Azul

Dois erros crassos dos populistas religiosos

Não sendo católico tenho o checo Thomás Halik como um dos meus teólogos favoritos, pela capacidade de pensar a fé cristã e sensibilidade para falar aos que não crêem

José Brissos-Lino
Marques Mendes diz que "a VISÃO fez um serviço público" no caso da Ponte 25 de Abril
Vestígios de Azul

A quem querem enganar?

A campanha para as legislativas de 10 de Março começou há muito, com os atuais “pregadores de domingo”, para utilizar a forma como Santana Lopes se referiu em tempos ao então comentador Marcelo

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

Os abusadores do Livro

Muitos são os que fazem sobre os textos bíblicos uma exegese equivocada, de forma recorrente, normalmente para ir ao encontro dos seus próprios preconceitos e ideias feitas. São os abusadores do Livro. Mas quando deixamos falar as Escrituras tudo muda de figura

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

José Belo Chipenda: nacionalista e homem de fé

Angola perdeu um dos seus maiores. José Belo Chipenda era um religioso ovimbundo, intelectualmente brilhante, que lutou contra o racismo, ao lado do arcebispo anglicano Desmond Tutu e a favor do ecumenismo. Era irmão de Daniel Chipenda (1931-1996), diplomata, militar e político do MPLA que encabeçou a revolta de Leste

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

Precisamos de papás?

Por que são reclamados psicólogos para todos, hoje em dia, desde escolas a empresas, além da prática de coaching em tudo quanto é sítio e gurus em cada esquina. A sociedade infantilizou-se ou complexificou-se? Provavelmente ambas as coisas

José Brissos-Lino
Deus já não cabe no espaço público?
Vestígios de Azul

Teologia quântica: isto está tudo ligado

Há muitas teologias. Mesmo aquelas que não se denominam desse modo, mas que não deixam de ser formas de entender Deus, a sua relação com o humano, a realidade espiritual em geral e as formas de convivência do homem em sociedade. Isto é… teologias

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

Tolentino: antes de mais, um poeta

A recente atribuição do prestigiado Prémio Pessoa 2023 a Tolentino Mendonça, um homem da fé e da cultura como poucos em Portugal, só nos pode congratular. Mas também reforça a ideia de que este cardeal se apresenta cada vez mais como papabile

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

Natal, sim, mas com sentido

De algum modo todos atraiçoámos a essência do Natal. Trocámo-la por uma espécie de adultério com a cultura do desperdício, despesismo, glutonaria e embriaguez

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

Deixem os burros a zurrar ao vento

Um pouco por todo o mundo os eleitores têm-se entretido a elevar idiotas ao poder. O pior é que, além de idiotas, são em regra indivíduos com mau carácter. Quem os elegeu um dia vai pagar caro

José Brissos-Lino
E se Neto de Moura for inundado de "escusas"?
Vestígios de Azul

Quando a religião ajuda a matar

Há três anos a investigadora Simony dos Anjos publicou um texto que concluía com uma pergunta: quantas mulheres terão ainda que ser assassinadas pelos companheiros para segurar o mito da família perfeita?

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

Por vezes a justiça parece mais zarolha do que cega

Finalmente alguém dentro do sistema rompe com o corporativismo judiciário do Ministério Público (MP) e vem colocar corajosamente o dedo na ferida, denunciando o populismo justicialista que parece animar alguns procuradores que funcionam em roda livre

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

O declínio da religião americana

De acordo com estudos recentes a religião americana está em declínio. As novas gerações afastaram-se das igrejas e o número de “nones” (sem filiação religiosa) cresce exponencialmente nos Estados Unidos

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

Marcelo “prefere” um Ventura a um Centeno

Aparentemente o Ministério Público (MP) criou uma crise política impensável, que pode abanar o regime. E ir para eleições neste quadro político só vai dar força a extremistas e populistas

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

O homem que pôs milhões de jovens a mexer

Os grandes nomes do protestantismo mundial do séc. XX estão a desaparecer. O californiano Loren Cunningham, fundador da Youth With a Mission (YWAM), que lançou milhões de jovens em missões de curto prazo, acaba de falecer aos 88 anos

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

Deus no cérebro?

Há anos que vem sendo estudada a relação entre o comportamento do cérebro humano e a experiência religiosa. Denominou-se este campo científico como Neuroteologia. Mas há outras visões

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

Há evangélicos e evangélicos…

Torna-se necessária e urgente a criação duma Ordem de Pastores e Ministros do Evangelho, associada a um organismo ligado à AEP e ao COPIC, destinada exclusivamente a atribuir creditação temporária e renovável aos indivíduos indicados pelas respectivas igrejas

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

Seitas são sempre os outros!

Várias vezes ouvi em conversa com o saudoso Pe. Vítor Feytor Pinto (1932-2021), pároco do Campo Grande, antigo coordenador da Pastoral da Saúde, referir com muita graça “a minha seita” falando da sua igreja católica… Sempre entendi essa expressão como um exercício de abertura ao diferente, de tolerância para com o outro e de respeito a todos

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

O Israel de Iavé não é o de Netanyahu

O sionismo cristão está na ordem do dia. Telavive esfrega as mãos de contente, tal como a direita religiosa e a extrema-direita, enquanto alguns líderes religiosos usam os fiéis como massa de manobra política

José Brissos-Lino
Vestígios de Azul

Como matar uma pessoa sem ir preso

Quando os sistemas políticos não conseguem resolver estas questões fulcrais correm o risco de os populismos e extremismos, pregadores de soluções mágicas, virem a tomar o poder, para desgraça geral

José Brissos-Lino