Miguel Carvalho

Miguel Carvalho

Grande Repórter
Nasceu a 25 de novembro de 1970, prova de que teve razão antes do tempo. Cresceu a beber política, jornais, Tom Sawyer, Soeiro, Marx, Groucho, Easton Ellis, MEC, Torga e épicos Marvel. Despertou para o jornalismo em plena delinquência, roubando jornais dos vizinhos e revistas nos quiosques. Fez fanzines e jornais de caserna. Gosta da palavra camarada e vacinou-se contra o coleguismo e o fascismo de unha pintada. Foi «pirata» da rádio. Tirou (mas devolveu) o curso de Radiojornalismo. Anda nisto desde 1989. Alguns acham demasiado. Publicou sete livros, o penúltimo sobre a rede bombista de extrema-direita do pós-revolução e o último sobre Amália Rodrigues. Ganhou o prémio Gazeta de Jornalismo com uma investigação de vários meses situada em 1979, para surpresa dele e escândalo nacional na era do instantâneo. O que mais gozo lhe deu foi ter um prefácio do Manuel António Pina no primeiro livro. Detesta o Portugal sentado e admira o Portugal sentido. Já escreveu a partir de Tirana, Caracas, Buenos Aires, Moscovo, Salvador, Bissau e outras cidades, mas prefere a rua dele e o coração dos outros. Consome uma droga dura (Cossery) e uma leve (gin tónico), e nunca inalou empreendedorismo. É adito a todos os vícios que pode controlar, afetos à parte. FC Porto, jornais, livros, pernil assado, poesia, Talese, Caparrós, Chien Qui Fume, Billie Holiday, Amália, Pop/Rock dos Anos 80, Carlos Paião, Douro, Alentejo e filmes argentinos são alguns dos seus dogmas. É ateu e tem raiva de quem sabe. Deseja glória ao brunch nas alturas e paz na terra aos homens de boa boutade. Veste o Porto por dentro. Cidade onde gostaria de viver até ser pó, cinza e nada.
VISÃO DO DIA
Exclusivo

VISÃO DO DIA: O dia em que o precário conheceu o salário emocional

Cultura
Exclusivo

Mário Cesariny: O homossexual que trocou a Grécia por Roma

Perseguido pela ditadura, até na sua cama a PIDE se “meteu” – mas prevaricou sempre, destemido. Foi preso em Lisboa e Paris e, mais tarde, acabou a desancar as manifestações de orgulho gay

Cultura
Exclusivo

Mário Cesariny: A vida rebelde do eterno insubmisso

Desassossegou almas, subverteu convenções e sacudiu o mofo nacional. Gato indomável, vagabundo e libertário, homossexual assumido na cara da ditadura, desarrumou a poesia, a arte e a própria vida. A geração que o tirou das estantes e que o leu por aí fez dele rock star e punk da literatura. “Precisamos de um Cesariny em cada cidade”, reclama Valter Hugo Mãe. Eis o centenário de um ser indomesticável, sem medo diante do precipício, mas sempre a precisar de festas

Cultura

Novo disco e concertos: Os Poetas celebram centenário de Cesariny

Projeto de Rodrigo Leão arranca esta semana com temas novos e concertos agendados. Momento alto marcado para novembro, em Famalicão

Se7e
VISÃO sete

O Aconchego das Raízes, em Baião: E os afetos abraçaram a História

Um casal de professores permitiu-se sonhar e idealizou um turismo rural em Baião. Felizmente, o imaginário tinha memória de granito, chão firme e tempo para repousar

VISÃO DO DIA
Exclusivo

VISÃO DO DIA: lições de Merli para aprender aqui, Collons!

Política

Fundadores - 2, Ventura - 0: "Chumbos" do TC colocam legalidade do Chega em causa?

No espaço de semanas, dois acórdãos do TC obrigaram o partido liderado por André Ventura a convocar nova convenção e a reintegrar um fundador para repor a legalidade interna. Dos cinco “congressos” realizados pelo Chega, quatro foram declarados irregulares pelo tribunal, bem como os órgãos eleitos

Política
Exclusivo

Governo: Um ano de casos, casinhos e casões

Do “filme” do novo aeroporto à ida de Costa à Hungria, sem esquecer a “série” TAP, o Governo pareceu, por vezes, em queda livre. E até roupa suja se lavou em público entre Belém e São Bento. Habituem-se?

ONG dos EUA acusa Chega de difundir discurso do ódio
Atualidade

Relatório de ONG americana inclui Chega em "grupos de ódio"

Novo relatório do Projeto Global contra o Ódio e o Extremismo identifica 13 movimentos radicais de direita em Portugal. Partido de Ventura acusado de “envenenar” o discurso público “com uma retórica racista, anti-LGBTQ+, anti-imigração e anticigana”

Ideias

"Pessoas cúmplices ou envolvidas no terrorismo de extrema-direita destacaram-se na sociedade e não gostam que se investigue. Passou-se uma esponja e ficou tudo limpinho"

O militar e investigador Fernando Cavaleiro Ângelo em entrevista a VISÃO

Política

Salário de deputado do Chega penhorado por colégio católico de Braga

Condenado em tribunal, Filipe Melo, eleito por Braga comprometeu-se a liquidar dívida de 15 mil euros em cinco anos, suspendendo assim a execução da penhora

Política
Exclusivo

Sirp: "Tiro" do PSD ao SIS atinge Montenegro

Tensão com o PS sobre as “secretas” divide PSD e gera revolta interna. Proposta para novo modelo de fiscalização dos serviços nas mãos de José Matos Correia

Política

E vão sete: Chega perde mais um vereador

Ana Moisão sai do partido e torna-se vereadora independente em Serpa. A derrocada autárquica do Chega soma e segue

Sociedade
Exclusivo

1907–1995: Miguel Torga, o insubmisso da montanha

O escritor resiste no Plano Nacional de Leitura e no ensino. Mas conquistar novas gerações é também tarefa árdua, numa época madrasta para o seu legado cívico

Política

Quem são Luc Mombito e Nuno Pontes, dirigentes do Chega na mira da PJ

Ameaças ao jornalista Pedro Coelho (SIC) determinaram apreensões ao secretário e motorista de André Ventura. Já o vice-presidente da distrital do Porto foi detido por posse ilegal de arma. O que se sabe?

Política
Exclusivo

Constitucionalista Teresa Violante: Debate sobre legalidade do Chega "é pertinente"

Constitucionalista reclama mais contributos doutrinários sobre o tema e atitude proativa do Ministério Público em relação ao partido de Ventura

Política
Exclusivo

Tribunal Constitucional: 40 anos com esqueletos no armário?

Em obra a editar em breve, a constitucionalista Teresa Violante destapa um capítulo polémico da vida do TC: como a “contrarrevolução jurídica” facilitou o regresso da oligarquia económica e amansou o caráter “transformador” da Constituição até Passos Coelho e a Troika esbarrarem nos direitos sociais

VISÃO DO DIA
Exclusivo

VISÃO DO DIA: Eu arraso, tu arrasas, ele arrasa. E o que fica de pé?

Ideias

"A meritocracia é um conto de fadas, a nova moral. Endeusa os vencedores e martiriza quem falha, como se partíssemos todos de condições iguais"

O sociólogo João Teixeira Lopes em entrevista à VISÃO

Sociedade
Exclusivo

Lei do tabaco: Do fumo ao vinho é um instantinho?

Será este o próximo capítulo depois do anúncio de nova legislação antitabaco proposta pelo Ministério da Saúde, a submeter, em breve, ao Parlamento?

Política
Exclusivo

O que revelam as notas de Frederico Pinheiro, o ex-adjunto de Galamba?

Como alegadamente foi combinado o depoimento de Christine Ourmières-Widener na Comissão Parlamentar de Inquérito à Gestão da TAP