Miguel Figueiredo Rodrigues

Docente de direito penal e processual penal no Centro de Estudos Judiciários
Miguel Figueiredo Rodrigues nasceu em Leiria em 1974. Vive atualmente na região da Grande Lisboa. Licenciou-se em Direito em 1997, na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, tem duas pós-graduações, múltiplas formações internacionais. Exerceu advocacia durante 4 anos. Ingressou no Centro de Estudos Judiciários em 2001. Como Magistrado do Ministério Público exerceu funções nos municípios da Nazaré, Porto de Mós, Alcobaça, Leiria, Torres Vedras e Caldas da Rainha. Esteve em comissão de serviço no DCIAP na secção de criminalidade económico-financeira e foi coordenador da seção de criminalidade tributária. Foi vogal no Conselho Superior do Ministério Público. Atualmente encontra-se em comissão de serviço como docente de direito penal e processual penal no Centro de Estudos Judiciários.
Opinião

Justiça - depressa, mas não depressinha!

A não confiabilidade na confissão tem o seu exemplo paradigmático no caso recentemente noticiado de Sandra Hemme, que nos Estados Unidos de América foi condenada a prisão perpétua, pela morte de uma bibliotecária, que confessou em troca de evitar a pena de morte

Homem condenado a 1 ano de pena suspensa por matar gato
Opinião

“-Faça lá esse jeitinho!”

Existem múltiplos estudos que estabelecem correlação entre baixos salários, degradação das condições de trabalho na administração pública e maior risco de aumento de corrupção. Por isso salários mais decentes funcionam como elemento dissuasor da corrupção