Cultura

Livro reúne poesia inédita dos últimos anos da vida do pintor Júlio Pomar

Um livro de poemas inéditos de Júlio Pomar (1926-2018), muitos deles baseados em frases e provérbios populares, revelando uma expressão artística que se intensificou nos últimos anos da vida do pintor, vai ser lançado no domingo, em Lisboa

Cultura
Exclusivo

Mário Cesariny: A vida rebelde do eterno insubmisso

Desassossegou almas, subverteu convenções e sacudiu o mofo nacional. Gato indomável, vagabundo e libertário, homossexual assumido na cara da ditadura, desarrumou a poesia, a arte e a própria vida. A geração que o tirou das estantes e que o leu por aí fez dele rock star e punk da literatura. “Precisamos de um Cesariny em cada cidade”, reclama Valter Hugo Mãe. Eis o centenário de um ser indomesticável, sem medo diante do precipício, mas sempre a precisar de festas

Sociedade

Morreu hoje o artista plástico Manuel Baptista aos 87 anos

O artista plástico Manuel Baptista morreu hoje em Lisboa aos 87 anos, indicou à Lusa João Pinharanda, diretor artístico do Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT), que pertence à Fundação EDP, num comunicado

Cultura

Exposição "Signos e Figuração" de Joan Miró em Serralves prolongada até outubro

A exposição "Joan Miró. Signos e Figuração", na Casa de Serralves, no Porto, foi prolongada até 02 de outubro, anunciou a fundação

Cultura

Ministra da Cultura recorda a pintora Teresa Black como "artista multifacetada"

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, lamentou hoje a morte da pintora Teresa Black, na quinta-feira aos 90 anos, "artista multifacetada" cuja obra revela uma "abordagem ousada e luminosa"

Grandes pintores para toda a família
Iniciativas

Grandes pintores para toda a família

Oito livros, oito grandes pintores! Leonardo da Vinci, Pierre-Auguste Renoir, Edgar Degas, Harmenszoon van Rijn Rembrandt, Diego Velázquez, Vincent van Gogh, José de Almada Negreiros e Pablo Picasso

O novo ateliê-museu do pintor Júlio Pomar está aberto para todos 10 Se7e
VISÃO sete

O novo ateliê-museu do pintor Júlio Pomar está aberto para todos

Visita-guiada ao novo ateliê-museu do pintor, que se inaugurou em Lisboa

Lusa

Óbito/Júlio Resende: Presidente da Academia de Belas Artes salienta a "grande figura da arte portuguesa"

Lusa

Óbito/Júlio Resende: Presidente da Comissão Parlamentar da Educação Ciência e Cultura lamenta falecimento

Lusa

Óbito/Júlio Resende: Secretário de Estado da Cultura exprime "profundo pesar"

'A vida é melhor desarrumada' 17
Cultura

'A vida é melhor desarrumada'

O que move e ilumina os gestos do Mestre? A VISÃO esteve com Júlio Resende, a dias de o pintor completar 90 anos. Recorde a entrevista e VEJA A GALERIA DE FOTOS

Morreu o pintor Júlio Resende 17
Cultura

Morreu o pintor Júlio Resende

Júlio Resende morreu hoje, em Valbom, Gondomar, aos 93 anos, disse à Lusa um amigo do pintor. Recorde a grande ENTREVISTA do mestre à VISÃO e veja a GALERIA DE FOTOS

Jornal de Letras
Jornal de letras

Arroz de pato

 Estou aqui no jardim ao pé de nossa casa a passar os olhos pelas notícias e a ver os patos, depois de ter aviado um arroz de pato no restaurante do Sr. Manuel, e é-me impossível não achar uma certa piada a estas coincidências primárias. A alguns metros está um grupo de idosos a fazer um curso de pintura. Deve ser um workshop daqueles de um dia. O professor faz de modelo e eles pintam todos a lápis de cor com o bico bem afiado. Dá para ver daqui como os lápis estão bem afiados. Um dia ainda fazemos um curso destes. Lembras-te de quando eu meti na cabeça que queria ser pintor e tu posavas para mim? Ficavas muito chateada porque eu não conseguia pôr os teus mamilos tesos como eram na realidade. Hás-de voltar a posar para mim e eu hei-de fazer-lhes justiça. Conhecendo o teu apego pela verdade dirás que estão demasiado rijos, que eu continuo agarrado à tua juventude mais do que ao teu corpo. Tu no fundo sabes que é mentira. Ainda assim, eu pintarei dois quadros, vários quadros, pintarei os quadros que forem necessários para te provar o contrário. O tempo pode ainda não ter aprendido como nos manter rijos até ao fim, mas nós vamos sabendo conservar-nos um ao outro. E sem que alguém nos tenha ensinado como se faz. Nestas coisas, de facto, nada melhor do que o instinto. Enquanto te escrevia esta mensagem aconteceu uma coisa estranha. De pombos não gosto muito, tu sabes disso, mas houve um que não me largava. Dava-me bicadas nas costas. Tantas que tive que sair da pedra onde estava sentado. Fui para a relva, ele ocupou o meu lugar, fechou os olhos e morreu. Nunca tinha visto um pombo morrer mas parece que é desta forma. Continua ali caído. Isto um dia depois de me teres dito que tinhas comido arroz de pombo aí no congresso e até tinhas gostado. Que coincidências, de facto. Queres que leve o bicho - ainda está fresco -, e cozinha-se em casa para o jantar? Eu sei que estou sempre a dizer que não gosto de comer arroz duas vezes seguidas mas parece-me uma boa ideia. E, bem vistas as coisas, há meses que não jantamos só os dois. Assim, sem pensar em mais nada, como quando tu dizias que eu era um péssimo pintor mas um óptimo jardineiro de maminhas.    

José de Guimarães
Viagens

José de Guimarães

Na tela de Guimarães a convivência entre as civilizações chega a parecer simples. Para quem na paleta pôs as cores do mundo a linguagem é mesmo universal.