“Todo o plástico retirado do mar será sempre uma gota de água no oceano”

Foto: Luis Barra

“Todo o plástico retirado do mar será sempre uma gota de água no oceano”

O plástico que está à superfície – ou seja, aquele que vemos e tanto nos impressiona – representa 1% de todo plástico nos oceanos. Apenas 1%. A esmagadora maioria, 94%, está no fundo e 5%, nas praias.
Continuamos a ter uma imagem demasiado ingénua do que se passa no mar e, para o resolver, só existe uma solução: consumir menos. “Tudo o resto não vai funcionar”, explica à VISÃO a presidente da Associação Portuguesa do Lixo Marinho, investigadora no MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente, e professora na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova.

Paula Sobral é a primeira a reconhecer a utilidade de “tentar retirar o lixo do mar e promover atividades de recolha nas praias e reciclar”, às quais está intimamente ligada, mas reconhece que essas ações por si só nunca irão resolver o problema do lixo marinho. Até porque “todos os anos entram no mar 12 milhões de toneladas de plástico”. É por isso que “todo o plástico que retirarmos será sempre uma gota de água no oceano”. Nas suas aulas e frequentes palestras recorre, muitas vezes, a uma metáfora: “Imagine que chega a casa e tem uma inundação. O que vai fazer? Começar a limpar ou fechar primeiro a torneira? Vai certamente fechar a torneira. É isso que temos de fazer.”

Com uma carreira dedicada às causas ambientais, Paula Sobral foi recentemente galardoada com o “Iconic Women Creating a Better World for ALL”, no Internacional Women Economic Forum. Recebeu o prémio com duas colegas docentes e, no seu caso, foi salientado precisamente o papel no combate ao lixo marinho e aos microplásticos. Um combate que se materializou, por exemplo, na parceria entre a Associação do Lixo Marinho e a Doca Pesca, “Pesca por um mar sem lixo”, que envolve os pescadores na recolha do lixo que encontram no mar. A maioria vem inclusivamente nas próprias redes, e os pescadores, em vez de o deitarem borda fora, guardam e trazem para terra.

O projeto implica, acima de tudo, recolher os restos de redes “eternamente a pescar no mar”, causando a morte a inúmeras tartarugas, tubarões, mamíferos marinhos e outros peixes. Com esta iniciativa os pescadores passam a fazer parte da solução, pelo que a aceitação tem sido bastante positiva.

As máscaras e luvas são descartadas um pouco por todo o lado, sem o cuidado de as colocar no contentor certo. Num país como Portugal, onde existe gestão de resíduos, não há desculpa para esses materiais acabarem na praia

PAula sobral

O confinamento foi aproveitado para dar “frequentes passeios à beira-mar” e para a “simples contemplação dos espaços naturais”. Foram a sua terapia, embora não resistisse muitas vezes e lá ia “olhando para o que estava praia”, porque esta professora universitária tem, sobretudo, notas negativas para o comportamento negligente de muitos portugueses – e a primeira vai diretamente para os fumadores, responsáveis pelo item de lixo que, “de longe”, se encontra em maior quantidade no mar: as beatas.

As máscaras e as luvas de proteção, por causa da pandemia, são outra fonte de preocupação atual. “São descartadas um pouco por todo o lado, sem o cuidado de as colocar no contentor certo. Num país como Portugal, onde existe gestão de resíduos, não há desculpa para esses materiais acabarem na praia”. Mas acabam, “arrastados diretamente pelas chuvas para as linhas de água, ou, indiretamente, através dos esgotos pluviais”.

Paula Sobral, fotografada naTrafaria. Foto: Luis Barra

Outra nota negativa vai para quem consome plástico em excesso, muitos justificando-se com a reciclagem. “Reciclamos apenas 9% do plástico enviado. Não somos só nós, Portugal, é o mundo inteiro.” Pela sua parte já decidiu e evita todas as “embalagens idiotas”. E existem muitas, “os supermercados estão cheios de coisas ridiculamente embaladas”. Ora, “se todos consumirmos menos plástico, a indústria vai produzir menos plástico”, o que me parece evidente. Se queremos parar esta calamidade, “temos de fechar a torneira”!

Oceano de Esperança é um projeto da VISÃO em parceria com a Rolex, no âmbito da sua iniciativa Perpetual Planet, para dar voz a pessoas e a organizações extraordinárias que trabalham para construir um planeta e um futuro mais sustentáveis. Saiba mais sobre esta missão comum.

Relacionados

Mais na Visão

Mais Notícias

Os 500 anos de Camões

Os 500 anos de Camões

Auditoria forense pedida pelo Benfica não encontra dano causado por Vieira

Auditoria forense pedida pelo Benfica não encontra dano causado por Vieira

"O que é verdadeiramente desafiante é as marcas saberem o que leva as pessoas às lojas e o que funciona online". Leah Johns em entrevista

O momento mais romântico da visita de Máxima e Guilherme dos Países Baixos aos E.U.A.

O momento mais romântico da visita de Máxima e Guilherme dos Países Baixos aos E.U.A.

Comer em Lisboa: restaurante Kabuki

Comer em Lisboa: restaurante Kabuki

Elas são embaixadoras de swimwear para o verão de 2024

Elas são embaixadoras de swimwear para o verão de 2024

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Xiaomi Pad 6s Pro 12.4 em teste: Tablet com ‘truques na manga’

Xiaomi Pad 6s Pro 12.4 em teste: Tablet com ‘truques na manga’

Alexandra deixa Inês em lágrimas após revelação em “Casados à Primeira Vista”

Alexandra deixa Inês em lágrimas após revelação em “Casados à Primeira Vista”

Como as poeiras do Saara podem ajudar a impedir furacões

Como as poeiras do Saara podem ajudar a impedir furacões

Vinhos, surf e gastronomia no Oeste: Roteiro pelo que há de melhor na região

Vinhos, surf e gastronomia no Oeste: Roteiro pelo que há de melhor na região

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

Apresentação da nova coleção de moda de praia

Apresentação da nova coleção de moda de praia

Alpine A290: elétrico, tecnológico… e endiabrado

Alpine A290: elétrico, tecnológico… e endiabrado

A relação surpreendente entre o desempenho cognitivo das mulheres e a menstruação

A relação surpreendente entre o desempenho cognitivo das mulheres e a menstruação

O futuro da banca é inteligente

O futuro da banca é inteligente

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Vídeo: Um encontro com Alice Vieira, a 'contadora de histórias'

Vídeo: Um encontro com Alice Vieira, a 'contadora de histórias'

Nuno Júdice - Quando tudo se transformava

Nuno Júdice - Quando tudo se transformava

Inster será o 100% elétrico mais acessível da Hyundai

Inster será o 100% elétrico mais acessível da Hyundai

Adoçante comum presente em pastilhas elásticas e até pastas dentífricas associado a duplicação do risco de AVC e enfarte

Adoçante comum presente em pastilhas elásticas e até pastas dentífricas associado a duplicação do risco de AVC e enfarte

Como saber se está a cuidar bem do seu fígado

Como saber se está a cuidar bem do seu fígado

Princesa Madalena está de regresso à Suécia com a família

Princesa Madalena está de regresso à Suécia com a família

Catarina Miranda estreia-se como modelo ao lado de Helena Isabel

Catarina Miranda estreia-se como modelo ao lado de Helena Isabel

5 peças essenciais para o verão das adeptas do estilo clássico

5 peças essenciais para o verão das adeptas do estilo clássico

Honor lança novo dobrável em 'concha' com ecrã exterior de quatro polegadas

Honor lança novo dobrável em 'concha' com ecrã exterior de quatro polegadas

Vídeo: A festa final de 'Miúdos a Votos' na Gulbenkian

Vídeo: A festa final de 'Miúdos a Votos' na Gulbenkian

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

CMB: o mundo dos vinhos conquistou o México e agora ruma à China

CMB: o mundo dos vinhos conquistou o México e agora ruma à China

Ricardo já fala sobre sexo com Maria João em “Casados à Primeira Vista”

Ricardo já fala sobre sexo com Maria João em “Casados à Primeira Vista”

Requintado jantar assinala inauguração da nova exposição de Joana Vasconcelos na Boutique Dior, em Lisboa

Requintado jantar assinala inauguração da nova exposição de Joana Vasconcelos na Boutique Dior, em Lisboa

Quis Saber Quem Sou: Será que

Quis Saber Quem Sou: Será que "ainda somos os mesmos e vivemos como os nossos pais?"

Aproveite a vida ao ar livre

Aproveite a vida ao ar livre

A Tape não está (definitivamente) morta!

A Tape não está (definitivamente) morta!

Mulheres confiantes antecipam o verão em fim de tarde à beira-mar

Mulheres confiantes antecipam o verão em fim de tarde à beira-mar

Num dos próximos quatro anos, o planeta deverá mesmo exceder 1,5ºC de aumento de temperatura

Num dos próximos quatro anos, o planeta deverá mesmo exceder 1,5ºC de aumento de temperatura

Implante cerebral ajuda sobrevivente de AVC que perdeu a fala a comunicar de forma bilingue

Implante cerebral ajuda sobrevivente de AVC que perdeu a fala a comunicar de forma bilingue

"O Homem dos Teus Sonhos" - ou quando Nicholas Cage não nos sai da cabeça

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Casimiro de Brito - Entre o caos e o canto

Casimiro de Brito - Entre o caos e o canto

VISÃO Se7e: 19 sítios para ver os jogos do Euro 2024 – e torcer por Portugal

VISÃO Se7e: 19 sítios para ver os jogos do Euro 2024 – e torcer por Portugal

Passatempo: ganha convites para a antestreia de 'Gru- O Maldisposto 4'

Passatempo: ganha convites para a antestreia de 'Gru- O Maldisposto 4'

Famosos em “sunset” de boas-vindas ao verão

Famosos em “sunset” de boas-vindas ao verão

Portugal faz bem: conheça a cerâmica de autor assinada pela Malga

Portugal faz bem: conheça a cerâmica de autor assinada pela Malga

Estivemos no Azores Eco Rallye

Estivemos no Azores Eco Rallye

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites