Christopher Pham, o campeão dos Açores

Christopher Pham, o campeão dos Açores

Tal como o Pacífico tem a sua Grande Ilha de Plástico, também no Atlântico existe uma zona gigante de acumulação de lixo marinho − e fica mesmo a sul dos Açores. Christopher Pham, cientista no Okeanos (Instituto de Investigação para as Ciências do Mar da Universidade dos Açores), explica que “não chega a ser bem uma ilha, porque a maioria dos plásticos são minúsculos”, mas que é realmente enorme e “vai até às Bermudas”. Muitas vezes chega também às praias açorianas: “As pessoas não têm noção, mas temos uma das praias mais poluídas do mundo, aqui mesmo, no Faial.” Depende dos ventos e das correntes, mas quando estão de feição chegam a acumular-se 12 mil pedaços de plástico por metro quadrado na praia do Porto Pim. “Quando mando fotografias aos meus colegas lá fora, até no Havai ficam chocados”, exclama.

Felizmente, não é um problema comum a todo o arquipélago que, na sua maioria, continua a ser o paraíso azul e verde que o turismo vende − e os cientistas confirmam: “A riqueza do mar dos Açores é incrível e não para de nos surpreender”, diz Christopher. Refere-se, por exemplo, à recente descoberta de vastos jardins de corais de profundidade realizada pelos seus colegas do Okeanos: “Não tínhamos ideia de que esses corais existiam, e estão, na sua maioria, bastante bem preservados.” Um achado só possível porque no instituto “inventaram” umas câmaras de profundidade low cost: “Sem elas não os podíamos ter descoberto, porque não temos orçamento para usar robôs de profundidade normais”, explica.

Foi por perceber estas duas realidades: de um lado, “uma riqueza natural incrível” e, do outro, “uma vulnerabilidade provocada pelo isolamento, pela falta de meios, pela presença de lixo marinho, e por ameaças como a mineração do mar profundo e a pesca ilegal” que Christopher Pham, mais uma colega do OMA, o Observatório do Mar dos Açores, decidiram candidatar o arquipélago ao estatuto de Hope Spot, um projeto desenvolvido pela Mission Blue Foundation, da lendária bióloga marinha Sylvia Earle.

Chris Pham numa das sua missões de exploração dos ecossistemas e do impacto dos plásticos

Lançados em 2009, os Hope Spot representam áreas vitais dos oceanos para a sua sobrevivência, mas que têm as comunidades locais dependentes e envolvidas na sua preservação. É o caso dos Açores, que há muito abandonou a caça à baleia, por exemplo, substituindo-a pelo Whale Watching e pelo turismo sustentável. “Já conhecia a Sylvia Earle de nome, claro”, começa por explicar, “mas foi através de um trabalho com a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) que descobri este projeto e percebi que fazia todo o sentido para nós − até porque, quando olhávamos para o mapa da rede, não havia aqui nada, no meio do Atlântico…”

Do lado da Mission Blue, a candidatura foi “muito bem recebida, porque não existem muitos outros Hope Spot que cumpram tão bem os requisitos”. De facto, quando visitou o arquipélago, em 2021, Sylvia Earle chamou-lhe um “íman para a vida” e um “lugar realmente mágico”. Em cada Hope Spot, a Mission Blue nomeia um “champion”, um representante da área na rede (já com 130 lugares) e que está diretamente envolvido na sua preservação. “A ideia é que exista um acompanhamento, e se criem grupos de apoio para que todos possam aprender e ajudar-se mutuamente”, conta-nos o nosso “campeão”.

Christopher Pham, como o nome deixa adivinhar, não é natural dos Açores. Fez aqui a sua tese de doutoramento, sobre o Impacto das Pescas no Mar Profundo, mas nasceu em Genebra, filho de mãe francesa e pai vietnamita. Talvez por ter passado a juventude rodeado de montanhas, nunca teve grandes dúvidas de que queria dedicar-se ao mar. A relação com os Açores surge depois de ter terminado o mestrado (no País de Gales) quando encontrou aqui o seu primeiro emprego, ao abrigo de um programa europeu. Chegou em 2004 e nunca mais saiu, nem está a pensar fazê-lo: “Para quê? Tenho aqui tudo o que preciso: os meus amigos, a minha música… [também toca numa banda no Faial].”

Microplásticos encontrados na ilha do Faial

Queixa-se, no entanto, que já não sai para o mar como gostaria – “passo muito tempo no gabinete a tratar de papelada” –, mas ainda consegue participar nalgumas saídas de campo, para estudar o impacto do lixo marinho nas diferentes populações de tartarugas ou de cagarros, ave marinha emblemática da região, ambos com taxas de ingestão de plástico muito altas e mortalidade elevada – “encontrámos plásticos no estômago de 90% dos indivíduos”.

Outra das teses de doutoramento que acompanha procura descobrir o impacto do plástico nos peixes de profundidade, “já que o lixo que vemos à superfície é apenas a ponta do icebergue e a maior parte do plástico vai parar ao fundo do mar”.  A propósito, ainda se recorda quando desceu aos mil metros de profundidade a bordo de um submarino: “Uma experiência inacreditável, mas, infelizmente, qual foi a primeira coisa que vi quando lá cheguei? Lixo, plástico.”

Oceano de Esperança é um projeto da VISÃO em parceria com a Rolex, no âmbito da sua iniciativa Perpetual Planet, para dar voz a pessoas e a organizações extraordinárias que trabalham para construir um planeta e um futuro mais sustentáveis. Saiba mais sobre esta missão comum.

Mais na Visão

Mais Notícias

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Os 500 anos de Camões

Os 500 anos de Camões

VISÃO Se7e: Aproveitar os dias e noites de verão

VISÃO Se7e: Aproveitar os dias e noites de verão

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

5 formas de usar calções de ganga com estilo

5 formas de usar calções de ganga com estilo

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Investigadores testam bússola quântica no metropolitano de Londres

Investigadores testam bússola quântica no metropolitano de Londres

Agenda pais e filhos: 8 sugestões para Lisboa e Porto

Agenda pais e filhos: 8 sugestões para Lisboa e Porto

Helena Isabel:

Helena Isabel: "Nunca me senti tão empoderada"

ESG Talks: “A ciência, a tecnologia e a inovação são sempre fundamentais”

ESG Talks: “A ciência, a tecnologia e a inovação são sempre fundamentais”

Rita Pereira está grávida

Rita Pereira está grávida

Caras Decoração de junho: celebrar o bom tempo e a vida ao ar livre

Caras Decoração de junho: celebrar o bom tempo e a vida ao ar livre

Duarte Appleton e Vicente Gil: Dois jovens irreverentes atentos às tendências

Duarte Appleton e Vicente Gil: Dois jovens irreverentes atentos às tendências

Vencedores do passatempo 'Gru - O Maldisposto 4'

Vencedores do passatempo 'Gru - O Maldisposto 4'

Criador do Orkut tem planos para abrir a rede social da felicidade

Criador do Orkut tem planos para abrir a rede social da felicidade

João Paulo Esteves da Silva - O piano e todas as margens

João Paulo Esteves da Silva - O piano e todas as margens

Jl 1401

Jl 1401

Zona: Três mitos sobre esta doença que pode ser incapacitante

Zona: Três mitos sobre esta doença que pode ser incapacitante

Portugal esgota hoje os recursos deste ano e começa a usar os de 2025

Portugal esgota hoje os recursos deste ano e começa a usar os de 2025

Recorde a vida do príncipe William no dia em que celebra 42 anos

Recorde a vida do príncipe William no dia em que celebra 42 anos

Uma viagem a Trás-os-Montes sem sair de Gaia. Lídia Brás, do Stramuntana, vence categoria Embaixador Gastronómico dos prémios AHRESP

Uma viagem a Trás-os-Montes sem sair de Gaia. Lídia Brás, do Stramuntana, vence categoria Embaixador Gastronómico dos prémios AHRESP

Alpine A290: elétrico, tecnológico… e endiabrado

Alpine A290: elétrico, tecnológico… e endiabrado

Implante cerebral ajuda sobrevivente de AVC que perdeu a fala a comunicar de forma bilingue

Implante cerebral ajuda sobrevivente de AVC que perdeu a fala a comunicar de forma bilingue

Pedro Santana Lopes casa a única filha

Pedro Santana Lopes casa a única filha

A cor de batom mais indicada para cada signo

A cor de batom mais indicada para cada signo

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

Nova app MyHyundai até vai mostrar vídeos das intervenções técnicas

Nova app MyHyundai até vai mostrar vídeos das intervenções técnicas

Moda: 20 cestas para usar no dia a dia

Moda: 20 cestas para usar no dia a dia

Novo estudo científico revela que o cérebro tenta prever o futuro enquanto se encontra em repouso

Novo estudo científico revela que o cérebro tenta prever o futuro enquanto se encontra em repouso

Guia de essenciais de viagem para a sua pele

Guia de essenciais de viagem para a sua pele

ATL para artistas

ATL para artistas

Manuel morre em “Senhora do Mar” mas Afonso Pimentel promete voltar

Manuel morre em “Senhora do Mar” mas Afonso Pimentel promete voltar

Dyson WashG1: Experimentámos a superesfregona para a casa

Dyson WashG1: Experimentámos a superesfregona para a casa

Inster será o 100% elétrico mais acessível da Hyundai

Inster será o 100% elétrico mais acessível da Hyundai

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

Tragédia em “Senhora do Mar”: Alex mata Manuel e atira-o ao mar

Tragédia em “Senhora do Mar”: Alex mata Manuel e atira-o ao mar

Onde ficar em Lisboa: Torel Palace

Onde ficar em Lisboa: Torel Palace

ESG Talks: “O Alqueva veio resolver muitos problemas que tínhamos na região”

ESG Talks: “O Alqueva veio resolver muitos problemas que tínhamos na região”

Mulheres confiantes antecipam o verão em fim de tarde à beira-mar

Mulheres confiantes antecipam o verão em fim de tarde à beira-mar

Restrições ao consumo de água no Algarve vão ser aliviadas

Restrições ao consumo de água no Algarve vão ser aliviadas

Como as poeiras do Saara podem ajudar a impedir furacões

Como as poeiras do Saara podem ajudar a impedir furacões

Em “Senhora do Mar”: Manuel impede que Alex rapte Júlia antes de morrer

Em “Senhora do Mar”: Manuel impede que Alex rapte Júlia antes de morrer

Aromas de verão para a casa

Aromas de verão para a casa

Jantar fora à segunda-feira? É no Sea Me – Peixaria Moderna

Jantar fora à segunda-feira? É no Sea Me – Peixaria Moderna

ESG Talks: “Temos de valorizar o ambiente e os ecossistemas”

ESG Talks: “Temos de valorizar o ambiente e os ecossistemas”

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites