Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

É conhecida a resposta que o general Humberto Delgado, candidato oposicionista à Presidência da República em 1958, deu a um jornalista que lhe perguntou o que faria a Salazar se viesse a ganhar a eleição: «Obviamente, demito-o.» E, ao longo deste quase meio século que passou desde o 25 de Abril de 1974, as pessoas mais atentas a estas coisas ter-se-ão interrogado: «Poderia efetivamente o Chefe de Estado demitir o chefe do Governo, sem que isso passasse pela dissolução da Assembleia?» A resposta a esta questão, que parece ser de pormenor e que não é mais do que uma das muitas que se podem colocar, é: podia, sim. Vejamos porquê.

Segundo a Constituição de 1933, corporativa, antiliberal e anti-individualista, o presidente do Conselho (equivalente a primeiro-ministro, como agora dizemos nos termos da Constituição de 1976) respondia apenas perante o Presidente da República e era por ele nomeado e (se fosse o caso) exonerado. Recorde-se que, em 1968, Américo Tomás teve poderes para exonerar Salazar quando o estado de saúde deste assim o impôs e para nomear para o seu lugar Marcelo Caetano. O Presidente da República podia também dissolver a Assembleia Nacional, se assim o entendesse, mas esse ato era independente da nomeação ou da exoneração do chefe do Governo. Ao «supremo magistrado da Nação» (expressão muito usada jornalisticamente) competia ainda, nos termos constitucionais, representar o País internacionalmente, dirigir a política externa, indultar e comutar penas e promulgar e fazer publicar as leis e decretos emanados da Assembleia. Quase apetece acrescentar: e proceder a inaugurações… Quem viveu os tempos do Estado Novo recordar-se-á bem das deslocações quase diárias do «venerando Chefe de Estado» almirante Américo Tomás (no cargo de 1958 a 1974) aos quatro cantos do País para cortar fitas inauguratórias de barragens, monumentos, estradas, escolas, fontanários e outros «melhoramentos» operados pela «Revolução Nacional» (como por vezes era designada a situação política ditatorial nascida no remoto ano de 1926).

Mais na Visão

Mais Notícias

Sonda Juno capta novas imagens de alta resolução da lua Europa

Sonda Juno capta novas imagens de alta resolução da lua Europa

IndieLisboa: 7 filmes a não perder no festival de cinema

IndieLisboa: 7 filmes a não perder no festival de cinema

O segredo dos vasos decorativos

O segredo dos vasos decorativos

As imagens da lua de mel de Inês e Paulo de “Casados à Primeira Vista”

As imagens da lua de mel de Inês e Paulo de “Casados à Primeira Vista”

Energia para Mudar: a descida dos preços dos carros elétricos e dos carregamentos

Energia para Mudar: a descida dos preços dos carros elétricos e dos carregamentos

Letizia e Felipe VI celebram 20.º aniversário de casamento

Letizia e Felipe VI celebram 20.º aniversário de casamento

Clive Owen é Monsieur Spade na nova série do TVCine Edition

Clive Owen é Monsieur Spade na nova série do TVCine Edition

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

“Ainda existe um problema de auto confiança das mulheres no mundo do trabalho”

“Ainda existe um problema de auto confiança das mulheres no mundo do trabalho”

Romantismo na passadeira vermelha de Cannes

Romantismo na passadeira vermelha de Cannes

Diana Chaves confessa que casamento de Elisabete e Francisco foi

Diana Chaves confessa que casamento de Elisabete e Francisco foi "constrangedor"

O problema dos ultraprocessados consumidos por crianças entre os 3 e os 6 anos

O problema dos ultraprocessados consumidos por crianças entre os 3 e os 6 anos

O vestido que Charlotte Casiraghi usou em Cannes e com o qual podíamos casar

O vestido que Charlotte Casiraghi usou em Cannes e com o qual podíamos casar

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Narrativas estrambólicas e contos que nos fazem pensar

Narrativas estrambólicas e contos que nos fazem pensar

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

Flipper Zero: Conheça o gadget dos hackers

Flipper Zero: Conheça o gadget dos hackers

8 ideias para usar as calças de ganga tendência deste ano

8 ideias para usar as calças de ganga tendência deste ano

Será que vamos bater o 12º recorde de temperatura mensal seguido?

Será que vamos bater o 12º recorde de temperatura mensal seguido?

EDP Renováveis conclui venda de projeto eólico no Canadá

EDP Renováveis conclui venda de projeto eólico no Canadá

Óculos de sol: 35 modelos para usar agora e sempre

Óculos de sol: 35 modelos para usar agora e sempre

A grande exposição de Pedro Cabrita Reis

A grande exposição de Pedro Cabrita Reis

Humor e irreverência em iluminação

Humor e irreverência em iluminação

Os retratos nunca antes vistos da família real britânica

Os retratos nunca antes vistos da família real britânica

Flashbacks e outras visões de futuro no novo projeto do agrupamento Sete Lágrimas

Flashbacks e outras visões de futuro no novo projeto do agrupamento Sete Lágrimas

Hipertensão arterial: procedimento

Hipertensão arterial: procedimento "minimamente invasivo" melhora significativamente a qualidade de vida dos doentes

“A incerteza económica é quase tão má como as políticas más”

“A incerteza económica é quase tão má como as políticas más”

A diversidade e a necessidade de “rebentar a bolha”

A diversidade e a necessidade de “rebentar a bolha”

Desfile de famosos na festa Chopard em Cannes

Desfile de famosos na festa Chopard em Cannes

Ana Cristina Silva - Pensar como o Marquês de Pombal

Ana Cristina Silva - Pensar como o Marquês de Pombal

Médico australiano livre de cancro no cérebro graças a tratamento inovador desenvolvido pelo próprio

Médico australiano livre de cancro no cérebro graças a tratamento inovador desenvolvido pelo próprio

Tal como o pai, a princesa Leonor recebe o título de Filha Adotiva de Saragoça

Tal como o pai, a princesa Leonor recebe o título de Filha Adotiva de Saragoça

Transparência do

Transparência do "look" de Bella Hadid dá que falar na passadeira vermelha de Cannes

Cupra Born VZ: 0 aos 100 km/h em 5,6 segundos

Cupra Born VZ: 0 aos 100 km/h em 5,6 segundos

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

Uma turma com muita poesia

Uma turma com muita poesia

AI Act: Europa dá 'luz verde' final à legislação sobre Inteligência Artificial

AI Act: Europa dá 'luz verde' final à legislação sobre Inteligência Artificial

Passatempo: ganha convites duplos para 'IF - Amigos Imaginários'

Passatempo: ganha convites duplos para 'IF - Amigos Imaginários'

Há mar e mar, há ser e há proclamar

Há mar e mar, há ser e há proclamar

25 peças para receber a primavera em casa

25 peças para receber a primavera em casa

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Quartos: 5 novas camas para boas noites de sono

Quartos: 5 novas camas para boas noites de sono

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

3 passos de skincare que todas as mulheres devem seguir

3 passos de skincare que todas as mulheres devem seguir

Elisabete de “Casados à Primeira Visto” faz apelo após bronca na SIC

Elisabete de “Casados à Primeira Visto” faz apelo após bronca na SIC

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites